AVISO

PELO MUNDO

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Rachel Sheherazade nega afastamento do SBT por pressão política: 'Férias'


Rachel Sheherazade negou que esteja afastada do SBT. A jornalista publicou uma foto no seu Instagram afirmando estar de férias. "Mais uma vez desfazendo boatos. Estou de férias e volto à bancada do 'SBT Brasil' no dia 14 de abril (segunda-feira)", escreveu na rede social. A emissora confirmou que a âncora do "SBT Brasil" está de férias agora para não coincidir com a Copa do Mundo.
A jornalista se envolveu em polêmicas ao dar a sua opinião no telejornal "SBT Brasil" sobre um caso de violência. A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) entrou com uma ação na Procuradoria Geral da República (PGR) para investigar a âncora por acreditar que ela cometeu o crime de apologia e incitou à tortura e ao linchamento, caracterizado no artigo 287 do Código Penal.
Em entrevista ao Purepeople, Jandira justificou o seu pedido. "As pessoas não podem se sentir legitimadas por um discurso neofascista e sair por aí julgando e executando outros cidadãos", falou.
Enquanto Rachel se defendeu afirmando que tem o direito de se expressar. "Esse desabafo não é só meu. É também o desabafo de uma parcela grande da sociedade que se vê esquecida pelo Estado, vulnerável, a mercê da violência, vítima de bandidos de toda sorte, de toda idade. As pessoas de bem não querem mais viver acoadas, encarceradas, vitimadas... O povo está se levantando contra a violência", explicou ao Purepeople. A jornalista também foi ao programa "The Noite", de Danilo Gentili para falar sobre a polêmica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS PELO OS COMENTÁRIOS DOS LEITORES