INFORMAÇÃO NA HORA CERTA!

TRANSLATE (TRADUZIR PÁGINA)

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Saída de Diretor do Detran-PI faz funcionário até pagar promessa


Servidor subiu a escadaria de joelhos devido ao voto que fez, caso o diretor deixasse o cargo
Funcionário há mais de 30 anos no Detran do Piauí, Samil, como é mais conhecido José Campelo da Silva, de 62 anos, proporcionou uma cena inusitada na sede do órgão, em Teresina, na manhã desta quinta-feira (10/04).

Cansado dos problemas provocados pela gestão do diretor geral Antonio Vasconcelos, motivo de críticas de muitos dos funcionários, sobretudo os mais antigos, além de alvo de reclamações dos usuários, Samil havia feito uma promessa: Quando Vasconcelos finalmente deixasse o cargo de diretor, ele subiria a escadaria do Detran de joelhos.
Na manhã desta quinta, finalmente (para os funcionários), Vasconcelos saiu do Detran, sob protestos, e reclamações dos servidores do órgão, enquanto ele apresentava as instalações para o sucessor, vereador Jeová Alencar, que fica no cargo até 31 de dezembro.
O agora ex-diretor do Detran, além de sair bastante criticado do órgão, também vai enfrentar uma ação de recolhimento do veículo, que pertence ao Detran, como comentam as sindicalistas Maria Salomé e Cecília, que festejaram a saída dele da diretoria. "Ele foi xingado de tudo quanto é nome, na frente do novo diretor, Jeová Alencar", comenta Cecília, que ficou conhecida pela greve de fome realizada em 2013, a fim de despertar a sensibilidade do governo do Estado para resolver os problemas administrativos do Detran.
PORTARIAS QUE AUMENTARAM TAXAS
Outro motivo para o "alívio" dos funcionários para a saída de Vasconcelos do Detran é que, dessa forma ele não vai mais, segundo os funcionários, nem lesar os servidores, nem os usuários. Presidente do sindicato dos servidores, Maria Salomé ressalta o fato de que Vasconcelos "aprontou" ainda momentos antes de sair do cargo. "Ele fez portarias que aumentam as taxas, tanto de re-teste, quanto de exame médico que subiu para R$ 40,00, onerando assim, os usuários. Ainda bem que o novo diretor já afirmou que vai revogar esses valores que Vasconcelos inventou de subir nos últimos momentos de cargo dele, no dia 4 de abril, além de não considerar uma comissão que Vasconcelos inventou de criar composta por ex-funcionários".
ACUSAÇÃO: ELE ATÉ QUEIMOU DOCUMENTOS
Cecília, por sua vez dá destaque ao fato de que documentos foram queimados, fazendo com que funcionários antigos venham a perder direitos trabalhistas por falta de provas. Ela ainda comenta que por essas e outras, Vasconcelos sai sem deixar saudade para os servidores do Detran que, segundo eles próprios, esperaram tanto que ele deixasse a posição de diretor do órgão. "Nós queríamos era a saída dele, mesmo que fosse para trocar pelo cachorro ali da esquina. Se ele não saísse, eu faria outra greve de fome", comenta a sindicalista.
TEVE GENTE SOLTANDO ATÉ FOGUETES
Com isso, no fim das contas, resta aos servidores do Detran do Piauí agradecerem a saída do diretor, considerado por eles "persona non grata", o que fez com que até fogos fosse utilizados para comemorar o fim da "Era Vasconcelos" no órgão.
Ao 180graus, Vasconcelos disse que o Ministério Público já apura a questão da queima. Ele explicou ao MPE que caixas velhas é que foram queimadas, não documentos de servidores".
Fonte:180 Graus



Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS PELOS COMENTÁRIOS DOS LEITORES