INFORMAÇÃO NA HORA CERTA!

TRANSLATE (TRADUZIR PÁGINA)

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

MARANHÃO: Sindicato dos jornalistas vai recorrer à justiça sobre decisão do Caso Décio Sá


O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Douglas da Cunha, irá recorrer à justiça sobre a decisão do desembargador José Luís Almeida, que converteu em prisão domiciliar a pena do acusado de ter mandado matar o jornalista Décio Sá, em abril de 2012.
Douglas Cunha disse que vai consultar ao departamento jurídico do sindicato e saber quais medidas tomar sobre a decisão do magistrado.
Iremos saber qual o melhor remédio tomar para essa decisão, pois achamos muito estranho uma pessoa com a saúde muito debilitada, e cumprir pena em casa, se está doente, por que não decidir uma hospitalização vigiada”, disse o presidente.
José Alencar Miranda Carvalho, um dos acusados de mandar matar Décio Sá, está preso no quartel do Comando Geral da Polícia Militar desde 13 de junho de 2013. Ele é filho do agiota Gláucio Alencar, que também está preso por ser uma dos mandantes do crime.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS PELOS COMENTÁRIOS DOS LEITORES