TOTAL DE VISUALIZAÇÕES

TRANSLATE (TRADUZIR PÁGINA)

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Rio Marruás continua despejando suas águas na Lagoa do Portinho

Só a conscientização dos proprietários de imóveis das margens dos rios que formam a bacia do Rio Portinho pode salvar a permanência da Lagoa do Portinho, em Parnaíba.

O Rio Marruás, um dos supridores de água para a Lagoa do Portinho, depois do trabalho feito na barragem do Dendê quanto foi feita uma abertura na parede para que o rio seguisse seu curso normal, depois da desobstrução do leito do rio, suas águas continuam chegando em grande volume na Lagoa do Portinho.

O Rio Marruás Cadoz, Braz e Capoeiras fazem parte da Bacia do Rio Portinho que juntos formam um funil que deságua na Lagoa do Portinho.
O poder público, através de seus órgãos ambientais das esferas municipal, estadual e federal, tem que juntos trabalhar constantemente a conscientização dos proprietários de imóveis situados nas margens dos rios que formam esta bacia a conservarem as matas ciliares e como são rios temporários, evite fazer barragem no seu leito.
As imagens foram cedidas pelo vereador Ricardo Veras e foram gravadas no último final de semana nas proximidades da Barragem do Dendê
Por José Wilson

domingo, 13 de maio de 2018

FELIZ DIA DAS MÃES

Resultado De Imagem Para Feliz Dia Das Mães
MÃE

Palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor,dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria.
Ser mãe não é só dar a luz e sim, participar da vida de seus frutos gerados ou criados.
Resultado De Imagem Para Feliz Dia Das Mães
FELIZ DIA DAS MÃES PARA TODAS, EM ESPECIAL PARA A MINHA MÃE, MINHA AVÓ E MINHA QUERIDA ESPOSA DANIELE, QUE É UMA MÃE DIGNA DESSA HOMENAGEM.
São os votos desse filho e marido orgulhoso, por ter duas mães e uma mulher que tanto amo.

Obrigado por fazerem parte da minha vida.

Francisco terra norte

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Ônibus com sacoleiros de Parnaíba é assaltado no Ceará

De acordo com as informações repassadas pela polícia ao blog Camocim Polícia 24h, Ontem, quinta-feira 10, por volta de meia-noite, uma dupla armada com pistola praticou um assalto a passageiros de um ônibus que ia de Parnaíba para o vizinho Estado do Ceará.
 O ônibus da empresa Xoró Turismo havia saído cedo da noite com sacoleiros da cidade de Parnaíba e tinha como destino a feira e confecções no distrito de Aprazível, em Sobral.
Seguindo viagem, o ônibus entrou no Estado do Ceará, passou por Chaval, por Barroquinha e quando saía desta cidade em direção a Camocim, dois indivíduos que vinham entre os passageiros renderam o motorista e o obrigaram a parar.
O assalto foi anunciado de forma violenta, sendo efetuados dois tiros que quebrou duas das janelas do ônibus. Os assaltantes levaram dinheiro, celulares, objetos e outros pertences dos passageiros e em seguida fugiram do local.
Várias equipes policiais de Camocim, Granja e Barroquinha realizaram buscas por toda a área mais até o fechamento desta matéria não haviam localizado os elementos.
Fonte: Camocim Polícia 24h/Edição: Portal terra norte

VÍDEO: Ônibus pega fogo em São Luís


Um ônibus pegou fogo na Avenida Edson Brandão, próximo ao Viaduto do Café, em São Luís. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (11) e um vídeo mostra que o veículo ficou completamente em chamas em frente a um posto da gasolina.
O veículo fazia a linha Tropical-Santos Dumont e ninguém ficou ferido. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o chamado ocorreu às 14h e o fogo já foi controlado. A suspeita é que uma pane elétrica deu início ao incêndio. Um ato criminoso já foi descartado.
CLIQUE AQUI E VEJA O VÍDEO

Polícia reconhece 2ª vítima de desabamento de prédio em SP

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou na tarde desta sexta-feira (11), por meio de nota, que foi identificada uma segunda vítima do desabamento do edifício Wilton Paes de Leme, no Centro. Os remanescentes humanos de Francisco Lemos Dantas, de 56 anos, tinham sido achados na última quarta-feira (9).

Os restos mortais achados nos escombros na quarta-feira eram de três pessoas, sendo um adulto e duas crianças, segundo informou a SSP naquele dia. Até então, o sexo e a estatura das vítimas não tinham sido identificados pelo Instituto Médico Legal (IML).
Na segunda-feira (7), a ex-mulher de Francisco, a empregada doméstica Zenaide Melo Sousa, foi ao 3º DP

Mulher usa botijão de gás para prender cachorra dentro de caixa em Itupeva


Uma cachorrinha foi resgatada pela protetora de uma associação de defesa animal sob suspeita de maus-tratos, na manhã desta quinta-feira (10), na Zona Rural de Itupeva (SP). O animal estava preso em uma caixa plástica de feira com um botijão de gás em cima.

Após uma denúncia anônima, a diarista Lucilia dos Santos Araújo, de 52 anos, que faz parte da organização não-governamental SOS Peace, foi até a área da casa e confirmou o caso. A dona do animal, uma yorkshire de 1 ano, estava na casa da vizinha.
"Avisei que ela não podia tratar o animal daquele jeito e ela disse que só tinha prendido a cachorra para buscar o filho na escola e limpar a garagem, mas a pessoa que fez a denúncia disse que ela faz isso todos os dias", conta a voluntária.
De acordo com ela, a cadela, que se chama Dara, também estava mais magra do que o normal e aparentava estar com fome. A diarista pretende levá-la para tomar banho e fazer exame de sangue nesta sexta-feira (11) para constatar como está sua saúde.

Caso de polícia
Indignada com a situação, Lucilia decidiu acionar a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal. Em seguida, a dona da cadela e a protetora foram levadas até a delegacia da cidade, onde foi registrado um boletim de ocorrência.
Com as fotos tiradas pela protetora como prova, o delegado abriu uma investigação para apurar o caso e cedeu a guarda temporária de cachorra para Lucilia. A Polícia Civil confirmou o registro do boletim por maus-tratos. O processo deve ser encaminhado ao Fórum de Itupeva na segunda-feira (14).

"Sou protetora há 30 anos, mas cada caso é um caso. É muito triste encontrar um animal em uma situação como essa e ainda ver os donos agindo como se nada tivesse acontecido", lamenta.
Segundo Lucilia, a proprietária ficou aparentemente abalada ao perder a guarda de Dara. A mulher tem outro cachorro em casa, que estava solto no momento da visita da protetora.

'Culpa da crise', diz empresário do PA que recebeu R$ 25 mil mas não entregou triciclo encomendado por Whindersson Nunes a fã com paralisia

Em seu site na internet, a empresa Free Way oferece o material como algo revolucionário para a locomoção de pessoas com deficiência. Por conta disso, André, que tinha sido diagnosticado com paralisia cerebral ainda na infância, esteve empenhado em conseguir dinheiro para comprar o equipamento.

O jovem, que mora em Pelotas, no Rio Grande do Sul, usou o Facebook, em fevereiro do ano passado, para pedir ajuda a Whindersson Nunes. O youtuber atendeu ao pedido e doou todo o valor correspondente ao triciclo, que deveria ser entregue em 3 meses. Porém, após mais de um ano da encomenda, André ainda não recebeu o equipamento.
"O Whindersson viu meu comentário sobre o triciclo em uma postagem dele e disse que comprava o equipamento. Quem também participou disso tudo foi a Honda. A empresa doou o dinheiro da moto na qual seria construído o triciclo pro fabricante do Pará. Mas a empresa sumiu com o dinheiro da Honda e do Whindersson, não comprou a moto e nem fez o triciclo", declarou André.
Em novembro do ano passado, mais de seis meses depois do prazo de entrega do equipamento, André resolveu levar o caso à Justiça. "Nós estamos requerendo a entrega do triciclo. Caso não seja possível, vamos tentar conseguir o dinheiro de volta. O Whindersson está tentando me ajudar a conseguir outro triciclo, mas espero que a justiça seja feita", declarou.

'Culpa da crise'
O proprietário da empresa, que não quis ter seu nome divulgado, afirmou que o negócio está enfrentando sérios problemas financeiros e por conta disso não entregou o triciclo.
Estávamos em dificuldades devido à crise. Poderíamos ter feito o mesmo que mais de 250 mil empresas fizeram: fechar e deixar clientes, fornecedores e funcionários na rua. Mas continuamos lutando para tentar nos reerguer”, afirma.
O G1 entrou em contato com a Honda e aguarda resposta.